Conforto Saúde

A tranquilidade de se viver em ambientes saudáveis nos conforta e dá segurança. A qualidade do ar interno dos ambientes é reconhecida como importante fator de risco para a saúde humana. A umidade, assim como uma ventilação deficiente, são fatores que permitem o desenvolvimento de agentes biológicos, fungos, bactérias e a concentração de outros compostos prejudiciais à saúde, como os VOCs. Cuidados especiais são imperativos no projeto e na escolha de produtos, inclusive pensando na saúde dos instaladores durante a obra. Impedir a proliferação de microorganismos é cuidar da saúde, evitar partículas nocivas em suspensão no ar durante a obra também. Isso pode ser feito com o uso de revestimentos estéreis como o vidro, impermeabilizantes, sistemas de vedação adequados, texturas, pinturas, argamassas resistentes a infiltrações, e escolhendo materiais não prejudiciais aos trabalhadores.

Não podemos considerar um ambiente verdadeiramente confortável sem que ele seja ao mesmo tempo saudável. A qualidade do ar interno dos ambientes é reconhecida como importante fator de risco para a saúde humana, já que o tempo que as pessoas passam no interior das construções é muito significativo. Uma má qualidade do ar afeta todos e particularmente os mais vulneráveis, como crianças e idosos, e não menos importante cuidar da saúde dos trabalhadores durante a obra.

A umidade e ventilação deficiente são fatores que propiciam o desenvolvimento de agentes biológicos, fungos, bactérias e a concentração de outros compostos também prejudiciais à saúde, como os VOCs.

A umidade também é responsável pela degradação de diversos materiais presentes em nossas edificações. Umidade em paredes em contato com o solo é frequente, exigindo a aplicação de proteção impermeabilizante durante a construção para evitar patologias futuras e de difícil correção.

É fácil encontrar infiltração em coberturas, lajes, emendas de revestimentos, juntas, esquadrias, entre outros. Cada um desses problemas pode ser evitado com a correta utilização, diferentes entre si, das recomendações dos fabricantes das soluções empregadas e das boas práticas usuais.

Deve-se dar preferência a produtos que impeçam a proliferação de microorganismos e revestimentos exteriores estéreis como o vidro, assim como argamassas, texturas e pinturas resistentes a infiltrações.

Particular atenção deve ser dada às chamadas áreas úmidas das edificações, como banheiros, cozinhas, saunas e outras, que devem, além dos cuidados tradicionais, ter a escolha dos materiais específicos e de ventilação adequada.

Durante a obra é também muito importante evitar partículas em suspensão no ar que possam de alguma maneira ser prejudiciais aos trabalhadores. A Saint-Gobain produz diversos materiais e soluções adequados para se obter uma edificação durável e saudável para seus ocupantes e uma obra segura para os operários, tais como impermeabilizantes, vidros, texturas impermeáveis, revestimentos com argamassas técnicas, placas cimentícias e telhas sem amianto, forros e materiais isolantes estéreis, dentre outros.